Caviário MauliCuí

Micose (Dermatofitose)

Em porquinhos da índia, a micose pode se apresentar com crostas ou tufos de pêlos colados por exsudato (uma espécie de transpiração da pele), que quando seca, deixa as lesões com aspecto seco e escamoso. Com tratamento, esses tufos caem e os pêlos voltam a nascer em cerca de 4 semanas.
Algumas vezes há complicações secundárias, como hipersensibilidade e infecções bacterianas, tornando-se assim pruriginosa, ou seja, com coceira intensa.
O fungo causador na maior parte dos casos é o Trichophyton mentagrophytes, sendo que o Microsporum canis também pode ser encontrado. Estima-se que 15% dos porquinhos da índia são portadores sadios destes fungos, ou seja, possuem os agentes causadores, mas não desenvolvem a doença. A dermatofitose é uma infecção freqüente em porquinhos da índia jovens mantidos em condições ambientais inadequadas, inclusive sendo encontrada muitas vezes em lojas de animais. Stress, dieta, o ambiente, calor e umidade, a infecção por parasitas externos em simultâneo, a idade (os velhos, jovens e grávidas) podem predispor os porquinhos à infecção.
A prevenção inclui tratar prontamente qualquer outro problema de saúde (como parasitas) ter bons cuidados de higiene e diminuir umidade do ambiente em que ficam. O período de incubação dos fungos para micose é de 7 a 14 dias. Este fungo libera um grande número de esporos no meio ambiente que podem ficar inativos durante anos.

Por isso, a Tratamento Tanto as lesões como a área ao redor devem ser tratadas, e o ambiente deve ser desinfetado. Seu veterinário pode indicar o uso de um shampoo suave para ajudar a soltar áreas incrustadas. Ao tratar de porquinhos com micose, coloque uma luva protetora ou lave as mãos sempre e muito bem. Lembre-se de que a micose é contagiosa, e animais afetados devem ser separados dos outros.
Limpe todo o alojamento e acessórios, deixando numa solução fungicida ou desinfetante por 15 minutos, enxaguando bem depois. Remova toda a forração, descarte materiais de madeira (os esporos dos fungos são muito difíceis de remover da madeira).
Para o tratamento do porquinho, existem muitos remédios anti-fúngicos. Se a área afetada for pequena, pode-se limpar o local com uma solução diluída de gluconato de clorexidina 2%, secar, e aplicar uma pomada de nitrato de miconazol duas vezes ao dia, por pelo menos 15 dias. No caso de haver muitas áreas afetadas pelo corpo, pode-se utilizar um shampoo à base de cetoconazol (Nizoral, shampoo de uso humano). Os banhos podem ser dados uma vez por semana, por 3 a 4 semanas. Em casos mais graves, pode ser necessário o uso de medicações por via oral. Consulte sempre seu veterinário.

Assaduras

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube
pi

Cuidados e Dicas

Ficam muito amigos do dono(a). Por seu notável ...

site45

Alimentação

Uma correta alimentação é muito importante para o saúde e ...

site3

Reprodução

Com dois a três meses de idade esse animal ...

site7454

Doenças

Saiba como cuidar de seu porquinhos mas sempre lembrando que ...

Parceiros

  • Lindo Gerbil
  • Livro Panqueca
  • Website and logo design contests at DesignContest.net.
  • Piggietalk